terça-feira, 7 de setembro de 2010

O linguarudo volta a atacar

Um pouco atrasado, li a entrevista do Morrissey que provocou controvérsia na semana passada. Fui procurar as palavras que provocariam a ira das pessoas. O que eu encontrei foi um relato de uma paixão ignorada. Não desprezada ou não correspondida, mas simplesmente vazia. A inclusão da frase sobre os chineses é só uma informação a mais. O fato de estar de forma indireta cria um colchão de segurança, considerando a crueldade dos chineses para com os animais, você não conseguiria evitar de pensar que eles seriam uma subespécie. Ora, quem poderia acusá-lo de racismo?, diria um advogado. Ainda há a oportunidade de mudar o foco para sobre o tratamento garantido aos animais. Mas onde ficamos afinal? Racismo ou crueldade? Cinismo ou objetividade? Formador de opinião ou completa falta de habilidade social? Tudo ou mais um pouco? Leia aqui a íntegra da entrevista no The Guardian e aqui, a polêmica.

Nenhum comentário: