quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Aceite de convites

Já contei como eu adoro o Encantador de Cães? Basicamente eu adoro cães, mas meu estilo de vida me impede de ter um neste momento. Não poderia simplesmente ter um e garantir uma vida miserável a ele, trancado num apartamento sem a presença humana na maior parte do tempo. Mas o que eu gosto no Cesar Milan é como ele mostra como o problema de um cão estressado, latindo todo o tempo, mal comportado, é simplesmente os donos. Donos ansiosos, frustrados, estressados, transmitem esta energia para os cães. Daí o comportamento irriquieto é apenas um reflexo desta vida irritadiça. Cães vivem no agora, sem referir-se a um passado, sem antecipar um futuro - muito diferente de nós humanos. E o quanto isto pode ser levado para o comportamento humano? O quanto criamos de energia esquisita para nossos próximos? O quanto aceitamos os convites para entrar numa vibe incontrolavelmente ruim? Da próxima vez, lembre-se disto, não grite com alguém que já está gritando, não tente convencer ninguém no grito. Isto é só um exercício de mau comportamento.

Nenhum comentário: