terça-feira, 10 de novembro de 2009

Eu disse não, não, não

Entrei em paralisia. Engessei-me mentalmente e deixei de produzir posts. Justificava-me com a periódica aridez de pensamentos. Na verdade, se era aridez, sem lutar fui dragado para dentro de uma área de areia movediça. Deixei-me levar, ou como se diz, me joguei. Por hora estava cansado de lutar contra a correnteza. Tomei esta injeção de morfina, me viciei, e só queria dormir deste blog. Foi a sensação repentina de comer muito doce, beber muito, ler muito, dormir muito, pensar muito. Voltei agora por acomodação ao inverso - desconforto, insatisfação, tristeza, raiva. E ah eu sou loucomanso, daqueles que vai do dia de sol às chuvas e trovoadas só com uma brisa de fim de tarde. Uma rehab, enfim.

2 comentários:

Fernanda S. disse...

Acho que estávamos na mesma clínica, então! hahahaha

Beijos, querido =)

Caco disse...

Não!
I said no no no.