domingo, 29 de novembro de 2009

Esperando o annus mirabilis

Este ano foi surpreendentemente ruim. Ele começou torto, deu uma capengada e, quando achava que ele ia dar uma arribada, só piorou. Um dos fatores contributivos foram as expectativas que eu criei. Acho que foi um pouco demais, daí não segurei a onda quando não aconteceu como eu esperava. Poderia ter comemorado as conquistas um pouco mais, ter feito com que as alegrias fossem mais inesquecíveis. Mas este ano foi como atravessar uma piscina nadando crawl. Inspiração rápida, lateral, quase num espasmo. Expiração embaixo d'água para continuarmos a viver. E, simultaneamente, muito esforço de todo o corpo. Bom, Deus não lançou nenhuma ira divina sobre mim neste ano, o que já é de grande ajuda valeu, Papaidocéu. Mas este ano, como já disse Elizabeth no passado, foi um annus horribilis.

2 comentários:

Louise disse...

concordo, concordo muito!!
e atravessei a piscina nadando cachorrinho, e engoli água pacas!!
ARGH!

Caco disse...

Paca, pouco, ou picas?

Pacas!!!