domingo, 15 de novembro de 2009

Entender a Matrix #2

Nada é mesmo muito assim, assim. Tudo é relativo. Sempre nem sempre existe. Nunca pode durar muito pouco. Sim pode ter um pouco de não e ambos poderiam ser substituídos por talvez. O que eu penso foi construído sob minha perspectiva, ora real ora distorcida pela minha miopia acumulada. Simplifico aos poucos meus pontosdevista. Jogo fora vícios ilegais de comportamento. Só para ver se tiro da minha mochila peregrina coisas de que não preciso no meu caminho.

2 comentários:

Angela Carolina disse...

Ando tentando tirar da minha mochila os pensamentos que atrasam a vida e pessoas baixo-astral e invejosas...

Adorei aqui!

Beijos

Caco disse...

Bem vinda ao clube...