sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Killer blow

Olha só, não ignoro mais o que sinto. E o que senti hoje foi um soco bem na boca do estômago. Daqueles em que o abdômen é contraído e o corpo enverga pelo meio e os olhos reviram enquanto as pálpebras se fecham. A recuperação foi a base de uma longa inspiração que levou meu peito ao alto. Engoli a saliva. Em vez de virar os olhos para o outro lado e tentar esquecer imediatamente, encarei o objeto de incômodo. Não sei se isto é tecnicamente certo ou errado (psicólogos de plantão, por favor comentem), mas de repente senti um vazio, um esgotamento. Expirei. Encontrei o primeiro desavisado ao meu lado e disparei, você sente um soco na boca do estômago de vez em quando também? E a reposta foi, sim.

4 comentários:

N. Ferreira disse...

Todos sentimos.
Esses socos sempre nos pegam de surpresa. Não se preocupa - dói, e depois passa.

Caco disse...

We 2R1.

Flavia Melissa disse...

Todos nós somos, Caco.
Expire, inspire, massageie onde dói, expire e inspire de novo.
Thats the way baby.

Caco disse...

yes that's the way baby