quarta-feira, 5 de agosto de 2009

A irmã de Shakespeare

Tenho paneladepressãofobia. É uma bomba de água pressurizada que desenvolveram para as residências. Entretanto rendi-me à sua praticidade e adquiri uma. Há um mês, ela vivia encastelada dentro do armário da cozinha. Ontem resolvi usá-la sob a supervisão de uma profissional, minha fiel diarista escudeira, Sra F. Entretanto, tive que adiar por algumas horas porque tinha esquecido de deixar o feijão de molho. Novamente estava por minha conta, à noite, eu e a malfadada. Coloquei o feijão, água, e acendi o fogo. Acompanhava o processo de longe. Repentinamente, água borbulhou pelo bico e pela válvula de segurança. Fuck, desligue o fogo - r´ ap ido. E agora, e agora? Acionei o Panic Mode. Celular, celular, onde está você? Telefone da V (minha irmã). Expliquei o acontecido e ela, unflappably, disse que eu tinha colocado muita água. Hmmm, faz sentido, eu coloquei mais água por segurança. Ah, estes engenheiroscuecanacozinha. Tinha que esfriar, tirar água, e colocar para esquentar de novo. Fuck, tenho que ir para o Pilates. Larguei tudo, peguei a bike e fui embora para a aula. Na volta, urrando de fome, preparei um macarrão básico, sempre sob a sombra da mardita sobre o fogão. Daí, a enfrentei de novo. Tirei a água e a coloquei de volta sob aquecimento. Panic Mode On, de novo. Esperei os milagrosos 15 minutos que demoraram uma eternidade para passar sob aquele chiado ameaçador. Desliguei o fogo. E ela ficou sentada sobre o fogão, como uma marani, chilling out. Quando achei seguro, fui abrir a joça. E lá estava tudo, cozido. E me perguntei, será que usá-la vale toda a adrenalina despejada na minha corrente sanguínea?

"I can smile about it now, but at the time it was terrible"
em Shakespeare's Sister,
The Smiths

3 comentários:

Fernanda S. disse...

Socoooorro!!!!
Eu nem me meto na cozinha por pânico do fogão! hahaha
Mas achei sua atitude corajosa =)
Beijos, Cacooo!

Before Sunrise disse...

Panela de pressao nao uso nem a pau. Morro de medo!!!

Deka disse...

eu também tenho medo... mas não deixo de fazer o feijão não risos.