quarta-feira, 15 de julho de 2009

Sinal dos tempos

Flanelinhas me chamavam de bacana. Daí passaram a me chamar de chefia. Agora me chamam de tio. Fuck off.

Deixo minha barba crescer amplamente nestas férias. A última vez em que fiz isso foi em 2001 enquanto peregrinava na Espanha. Meu rosto não foi tocado por uma Gillette por quase 40 dias então. Desta vez, tenho feito um acabamento já que permanecerei num ambiente urbano. Mas já aparecem numerosos fios brancos no meu queixo. Acredito que isto possa justificar o infame tio. Mas, o signo da idade é quando aparecer pentelhos brancos, como diz meu amigo Sr F. Aí, sim, ferrou de vez.

4 comentários:

Before Sunrise disse...

HAHAHA!!! Amei, Caco!

Deka disse...

Oi Marcos, tenho acompanhado seu blog.
Esse post realmente não poderia deixar de comentar.
Me acabei de rir aqui. rs
abraço

Louise disse...

amygho:
Grecim 2000. Ficadica.

beijos!!

Caco disse...

Gente, vocês rindo enquanto o caso é sério!
:-P
;-))

Deka, obrigado pelas visitas. Comentários são bem vindos sempre.

Louise, não pinto nem f...dendo. É que nem costeleta. Só ficava bem no Elvis em fimdecarreira porque ele já estava meio ridículo mesmo.

Beijodaí.