domingo, 28 de junho de 2009

Olhando pela janela do escritório à noite

Troco qualquer balada por acordar cedo num belo dia de sol para uma caminhada. Colocar os tênis, alongar e partir. Olhar aquela avenida longa sem fim, que depois vira uma rua, ruela e, finalmente, estrada de terra. Daqui da minha janela, encaro o horizonte. À noite, ficam os pontinhos de luz de estradas rurais. Que ainda vou explorar. Férias, férias. Por que não chegam logo?

2 comentários:

Fernanda S. disse...

Graças à Deus as minhas estão chegando =)
Explore, olhe a sua volta e guarde tudo pra nos contar depois!
Beijos

Ana R. disse...

Somos dois: também troco qualquer balada por uma caminhada cedinho ao sol....Aliás, tô indo lá!
Bjs!