domingo, 21 de junho de 2009

Mouses e celulares no Irã

Lendo o blog do Raul Justes, confirma-se: o Ahmadinejad tem medo do Mouse Mau. O caso se repete no Irã como já aconteceu em vários cantões deste mundo. Encerra-se mais um ciclo na história daquele país para iniciar um outro, certamente numa evolução - sim, porque todos nós vamos para frente. Enquanto isto, somos espectadores de massacres, protestos, e um presidente que insiste em ser a vanguarda do atraso. A grande diferença agora é que podemos dar graças aos mouses maus que, acompanhados dos celulares maus, podem derrubar uma farsa.

Nenhum comentário: