segunda-feira, 15 de junho de 2009

Com uma exceção

Todas as vezes em que me perguntavam se eu tinha feito uma boa viagem, eu respondia: ah, foi boa, só tive um pouco de turbulência quando ia chegando na costa brasileira, sobre o litoral, talvez sobre o Ceará. Sempre achava uma bela coincidência. Eu, logo eu, sou muito desencanado com vôos, já estou cochilando na poltrona enquanto o avião está taxiando; um aviso para apertar cintos por causa de turbulência é só uma oportunidade para me ajeitar na poltrona e mergulhar num sono mais profundo ainda. Acompanhando todas as notícias sobre a recente tragédia, descobri a verdade. Aquela região é coalhada de turbulência, todo mundo sabe: pilotos, autoridades, companhias aéreas. Menos nós, passageiros, fomos explicitamente avisados a respeito - obviamente para não espalhar o pânico. Por sorte, temos passado pela turbulência, muitas vezes incólumes. Menos o AF447.

3 comentários:

marina w. disse...

oi, caco,
não é o mesmo bar não, pois não tem vista. chama pontapé.
acho.
beijo!

Fernanda S. disse...

Que loucura isso, não?!
Eu, hein...
Mas já percebeu que os maiores interessados sempre são os últimos a saber de tudo?!?!!?

Beijosss

Caco disse...

Oi Marina - De qualquer forma, espero quevocê tenha se divertido tanto quanto eu. Bolinho de bacalhau + cerva = hmmm

E aí Fê? É, sinto-me um otário.




Beijodaí.