quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Dos jogos de ontem

Bom dia Pequim. Remova toda a pieguice. Eu fico genuinamente emocionado com as histórias de superação nos Jogos Olímpicos. A última foi a do Eduardo Santos. O cara saiu do nada (ou da comunidade), tirou a faixa preta no ano passado porque não tinha grana para fazer os testes, era reserva dos bambambans da seleção olímpica e chegou lá. Lá em Pequim. Dá aquele nó na garganta. Salve, salve, Eduardo. As meninas da ginástica também são um barato. Deixa a Daiane de lado. Dá uma olhada na gazela Ana Cláudia Silva e a simpatia da Ethiene Franco. Estas meninas vão longe. Sempre achei que faltava alegria no time, que só a Danielle Hypolito tinha um sorriso como contraponto da Jadeàbeiradeumataquedenervos. Parece-me que a futura geração vem com um diferencial além da habilidade. E o que era He Kexin, aquela ginasta chinesa nas barras assimétricas? Ela fugiu de algum circo chinês! Esp etac ul ar. Tinha horas que eu não queria nem ver, mudava de canal e só voltava para ver o replay com medo de assistir a alguma queda decpcionante. Boa noite Brasil.

Um comentário:

Fernanda S. disse...

E o coração fica na mão, né?
Até eu que sou completamente perdida e não muito ligada em esportes fico ansiosa!!!
Ai, ai... "haja coração"... hehehehe
Beijocasss