domingo, 25 de maio de 2008

Oderweiβ

Meu gosto por matemática sempre foi duvidoso. A inflação galopante da década de 90 me ensinou a calcular percentagens, proporções, juros. Teria sido um péssimo contador porque igualar coluna de crédito com a de débito me é impossível. A matemática só começou a ser engraçada quando ela me deu a chance de raciocinar. Decorar fórmulas sempre achei isto um absurdo e fiz questão de colar todas as vezes em que foram necessárias. De repente, probabilidade e estatística passa a explicar uma série de pequenos mistérios da vida. A pequena chance de que tudo desse certo. O número de vezes em que pensei em você, o número médio mensal de noites de insônia, a variação do meu humor. Agradeço a engenharia por me ensinar o conceito da folga, otherwise eu teria sido completamente inútil na vida. Oderweiβ...
(Créditos para o título: a amiga da Mrs SN-J quenãoseionome)

Nenhum comentário: