sábado, 17 de maio de 2008

1 pence traz sorte

Encontrei uma moeda de 1p e me disseram que isto trazia sorte. Agarrei a moeda com força, punho fechado e fiz caradesonhosrealizados. Para o bolso. Fui almoçar tarde e descobri que tinha perdido minha carteira. Seu cabeçadevento, você a esqueceu em casa. Faminto, fui dar um pulinho em casa. Ônibus, é o mais rápido. 40 minutos depois de ficar esperando o 100 direção Shadwell, resolvi negociar a distância a pé. Aí descubro que a auto-estrada estava fechada por causa de um acidente e Wapping, isolada dos transportes públicos. Cheguei em casa e descobri que a carteira não estava lá. OK, sem grana, sem cartões, nada de restaurantes. Ainda tenho uma sopadeentulho na geladeira - belo almoço para um dia de sorte. Voltei para o trampo para descobrir a mardita caída atrás da minha caixa de mudança no escritório. Sorte, por fim. Fui então para o happyhour me arrastando - cansaço residual de horas na fila da embaixada no dia anterior e a inesperada caminhada do almoço - e atrasado por uma reunião de última hora. E aí descubro que esqueci o celular em casa e com ele, o endereço do encontro. Coloquei a mão no bolso, peguei a moeda e a joguei num canto. Tomara que algum candango muito mais ferrado do que eu a encontre, aquela sorte era menos que suficiente para mim.

4 comentários:

Fernanda S. disse...

Puxa.. mas que garotinho de sorte, não?!?!!? hauhaha
Tenho certeza que ela voltará em breve...
Beijocas e boa semana!

Caco disse...

Ahã - 1p traz sorte, my ass!
Foi só eu me livrar daquele treco que o fluxo de sorte voltou ao normal... hahuaha
Boa semana.

Before Sunrise disse...

Hahaha!!! Acho que o dono do 1p deve ter jogado fora tb pra outro achar!!

Caco disse...

E eu fui o otário da vez...