quinta-feira, 10 de abril de 2008

Rejeição

Estava aqui pensando cá com os meus botões na quantidade de vezes que não fiz algo simplesmente pelo medo irracional e incontrolável de ser rejeitado, de me sentir inconveniente, ou um estorvo. Posso reduzir todas as possíveis justificativas do meu auto-controle ou paralisia a isto. Re-jei-ção. Nada me fez me sentir melhor do quando me esqueci disto. Outro dia anotei num canto de página uma frase que sempre achei meio solta e vazia, to love yourself is to let yourself be loved. Cantarolo isto para mim de vez em quando, to love yourself is to let yourself be loved. Parece que não, mas tem tudo a ver. Esta anotação era para eu me lembrar de escrever este post. Eu não seria rejeitado por isto, nem por nada de fato. Caso seja, azar (ou melhor, quesefoda).

3 comentários:

Before Sunrise disse...

Eh mto verdade isso, Caco. Que bom que voce cantarola "to love yourself is to let yourself be loved." Nao tenha medo da rejeicao... Por medo da rejeicao, muitas vezes perdemos a oportunidade de sermos aceitados de bracos abertos tambem. Quando isso acontece, nem lembramos das rejeicoes :)

Caco disse...

Ainda não estou curado disto. Mas eu tento, eu juro que tento.

Fernanda S. disse...

Medo da rejeição.. nossa, acho que sofro disso e muito.. por isso me escondo (ou tento esconder meu metroeoitenta) atrás de alguém ou de alguma coisa...
Vou escrever essa frase em, algum lugar... vamos ver o efeito que esta vai surtir!