sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Reconhecimento

Pergunta aberta: o que faz as pessoas se sentirem reconhecidas? Prêmios, remuneração, promoção, status. Aí reaparece a Pirâmide de Maslow dizendo:
necessidades de estima, que passam por duas vertentes, o reconhecimento das nossas capacidades pessoais e o reconhecimento dos outros face à nossa capacidade de adequação às funções que desempenhamos.
Por um lado, as pessoas querem se sentir diferenciadas. Por outro lado, elas verbalizam que não deve haver diferença entre os indivíduos no grupo. Não deve haver diferenças de tratamento ou diferenças salariais. Então qual é o elo perdido?

Comentários são bem vindos.

2 comentários:

Pura Cafeína disse...

Sabe que eu não sei... ;)

hipocrisia

talvez não deva existir diferença entre os outros, mas não conosco!sei lá....boa postegem =)

Caco disse...

CAFEÍNA - Também não sei, mas acho que todos querem ser diferentes de uma maneira ou outra. Ou meramente se sentir diferentes, lá no íntimo. Você gosta de sentir diferente? Ou é bom saber que é igual a todo mundo?

"Se ninguém olha quando você passa você logo acha 'Eu to carente', 'Eu sou manchete popular'. Tô cansado de tanta caretice, tanta babaquice, desta eterna falta do que falar.

Se ninguém olha quando você passa você logo acha que a vida voltou ao normal. Aquela vida sem sentido, volta sem perigo, é a mesma vida sempre igual. Se niguém olha quando você passa você logo diz 'Palhaço'. Você acha que não tá legal. Corre todos os perigos, perde os sentidos. Você passa mal."

Beijo & stay unique.