quarta-feira, 3 de janeiro de 2007

Morte no Iraque, entre os Amish, no Rio de Janeiro

Ainda em queda livre, estava associando alguns fatos. Apesar de ter pavio curto, sou pacifista, não curto papo sobre pena de morte, acho linchamento uma barbárie, e por aí vai.

De repente Saddam Hussein é enforcado e o abismo entre xiitas e sunitas só se aprofunda no rancor do tratamento do homem como animal. Será que dançaram ao redor do corpo?

Adoro ler revistas em consultórios médicos, dos dentistas, barbearia, ou aquelas esquecidas na casa de praia. Numa delas, li passagens sobre o assassino de meninas na comunidade Amish e como eles reagiram à carnificina: 'perdoemos este homem'. Parece ser quase irracional responder desta forma.

Então, a escória (racailles, d'après Sarkozy) ateia fogo num ônibus interestadual em plena Avenida Brasil no Rio de Janeiro e 8 pessoas morrem de uma morte dolorosa, não merecida. Em 1° de Janeiro, arruaceiros no ônibus 335 quebram janelas, ofendem passageiros, ameaçam motorista e cobrador. Até que mencionam, 'Vamos botar fogo nesse ônibus'. É a deixa para um dos passageiros, 'Não comigo aqui'.

Ele saca uma arma e dispara: dois são mortos - o sangue se espalha pelo piso e escorre entre as frestas pelos degraus da porta traseira. Nas imediações do Sambódromo, centro do Rio, o justiceiro desce e desaparece e os demais passageiros ensaiam aplausos timidamente. Vem aquela sensação de que há algo muito errado acontecendo dentro das pessoas.

A brutalidade é a opção instintiva, nas ações e pensamentos. E saímos dos festejos de Natal quando repetimos à exaustão paz, amor, fraternidade, perdão. Teria sido tudo um grande blah blah blah?

3 comentários:

before sunrise disse...

Sou como voce, nao suporto violencia, nao mesmo. Eu fiz questao de nao ver as noticias sobre o Saddam, simplesmente porque achei aquilo um absurdo. Ele precisa ser punido? Eh para isso que serve prisao. Qto ao Rio, fico triste em ver o nivel da violencia no Brasil, parece que piora a cada dia, ou pelo menos fica mais evidente.

Eu nao tenho duvida de que para mim desejar paz para mim e a todos nao eh da boca pra fora, eh realmente o que quero e desejo.

flavia melissa disse...

sim, tremendo bla´blá blá, horrores.

caquinho do espírito santo, to indo pra uma temporada no mundo da fantasia e volto só em fevereiro...

gonna miss ur space!

take care & stay just like you are ;))

Caco disse...

SUN - Às vezes a gente não é pacifista nem nas idéias. Falta-nos essência. Não quero nem precisar pensar o quão bom alguém comer capim pela raiz... Beijo & stay meaningful.

FLAVIA - Mundo da fantasia? Disney? Oba! Disney é um barato. Volte sempre - lá tem internet também. Miss you already. Beijo & stay on Earth.