sábado, 4 de novembro de 2006

You're so vain

Trágico o que a vaidade te fez. Criaste na tua mente um mundo infalível que gira de acordo com seu compasso. À sua volta, poucos são aqueles que têm coragem de ajudar a te trazer para próximo da realidade. É bom estar próximo à alegria superficial - por algum tempo a vibração é positiva. Mas cessa. E porque é cruel te dizer que nada é tão admirável quanto tu pensas. E tirar a máscara do que é pensado como potencialmente belo e perfeito não é bom. Evidenciar os sinais de vaidade pode ser confundido com inveja destilada. Daí resta-nos deixar o vaidoso à deriva. À espera de sua ruína. You're so vain. You probably think this post is about you, you're so vain. I bet you think this post is about you, don't you? Don't you?

4 comentários:

before sunrise disse...

Conheco pessoas assim. Nao adianta dizer nada, que aprendam com a vida...

Karin disse...

Oi...
Triste ver pessoas ligadas a isso...
Beijos...

Renato disse...

sumi mais volto.

tão logo reencontre minha vida normal.

e seu texto tbm não foi esquecido. está esperando o momento propício.

desculpa o comentário telegráfico.

I'll be back!!!

Caco disse...

SUNRISE - É exatamente o que você falou - tem que largar mão, leave to one's own devices. Você sabe, né, I travel light... ;-)
KARIN - Triste? Talvez para elas, mas HA nunca vão perceber isto, mesmo...
RENATO - Take your time.




Abraços & stay astute.