domingo, 26 de novembro de 2006

E a mídia queria um novo caso Richthofen

'Um casal é assassinado brutalmente supostamente pelo filho. A avó também é agredida mas sobrevive.' A polícia é chamada pela vizinha que vê a movimentação estranha na casa. O agressor, ferido, é levado para o hospital para tratamento.

Por défault, a imprensa vê um novo caso Richthofen. Um prato cheio para dias e dias de cobertura. Começa o massacre moral do filho - chegando a traçar um perfil desequilibrado dele.

Mas aí, evidências são devidamente reunidas: depoimento dos sobreviventes, situação da cena do crime. A mídia passa a reportar informações desconexas e radicalmente desencontradas. Fica claro que houve um engano e que toda a mídia montou um circo por um mico. Se as evidências a favor do filho não fossem tão grosseiras, o moço carregaria o fardo da suspeita pelo resto da vida. Já carrega a pichação de 'assassino' no muro da casa.

Tudo por irresponsabilidade de uma polícia inepta e apressada e uma mídia que está preferindo faturar a verificar criticamente o que está reportando.

4 comentários:

Omar disse...

O Judiciário deveria começar a impor pesadas indenizações contra esses meios de comunicação q se acham no direito de humilhar alguém, sem qquer tipo de prova.

Aju disse...

Nessa pressa de darem resultado fazem essas cagadas, querem se mostrar eficientes justamente nos casos em q nao prendem os culpados.

Impressionante como a policia e a mídia pode transformar qualquer um num desequilibrado sociopata...

tsc tsc tsc

[]´s

Caco disse...

OMAR - De acordo! Pena: picharem INCOMPETENTES no muro da Vênus Platinada...
AJU - Sim, já pensou o que podem fazer conosco, bloggers?



Abraço & stay perplexed.

Renato disse...

por essas e outras que eu prefiro me manter afastado de jornais, telejornais e afins....

só vai me deixar com mais raiva do país (e do mundo) em que eu vivo.

adotei como medida de auto-preservação uma postura mais isolada... viver no limite entre a realidade e a fantasia não é o ideal, mas pelo menos faz menos mal ao meu coração.

Parace que a mídia brasileira só quer divulgar desgraça....

E aina tem gente hipócrita que se acha no direito de julgar os outros.... seja pixando, seja de qualquer outro jeito.

Ainda me lembro do caso da menina que teve fotos dela com dois homens divulgadas na net, e teve que sair da faculdade com escolta policial.
Deveriam ser presos então todos aqueles alunos que a estavam julgando...

Como disse Jesus: quem nunca pecou que atire a primeira pedra.

Mas o mundo não vai mudar. As pessoas não vão mudar.

Então eu me refugio na fantasia.

E já escrevi demais...

Até
Abraço
Bons sonhos