terça-feira, 3 de outubro de 2006

Sir Ernest Shackleton

Sir Ernest Shackleton foi um marinheiro britânico obsessivo por chegar ao Pólo Sul antes de todo mundo no início do século XX. Tentou algumas vezes e foi mal sucedido em todas. Numa de suas tentativas, seu navio, o Endurance, ficou preso num banco de gelo à deriva até que foi completamente esmagado pela pressão do gelo. A tripulação navegou em barcos salva-vidas pelo mar gelado até a inóspita ilha Elephant - no meio do nada. Comida? Focas, pingüins. Finalmente, Shackleton e mais 2 membros da sua tripulação se aventuraram para buscar ajuda até a ilha Geórgia do Sul - no meio do lugar nenhum. Chegaram pelo pior lado da ilha e atravessaram picos gelados até chegar na área habitada. Sem GPS, sem internet, sem roupas com tecidos inteligentes, sem barra de cereais. Conseguiram encontrar ajuda e voltaram para resgatar os demais. Todos. Vivos. Isto aconteceu entre 1914 e 1916.

A primeira vez que ouvi falar do Shackleton foi numa revista de consultório médico. Aproveitei a espera quase infindável para devorar a reportagem. Depois tropecei no livro dele numa livraria. Não conseguia tirar os olhos das fotografias de Frank Hurley, que estava na expedição e fez um trabalho absurdamente memorável.

Um fracassado? Definitivamente não. Ele conseguiu liderar todo o grupo durante toda a adversidade e trazer todos de volta da enrascada, nem tão sãos mas salvos.

Você responderia a este anúncio e navegaria junto com Sir S.?
"Men wanted for hazardous journey. Low wages, bitter cold, long hours of complete darkness. Safe return doubtful. Honour and recognition in event of sucess."
Uma das coisas mais incríveis que ouvi sobre ele era que ele não procurava os mais brilhantes cientistas ou os marinheiros mais técnicos do mundo para sua expedição. Claro que era necessário uma devida habilidade para desempenhar as atividades, mas o mais importante era que os escolhidos fossem otimistas, bem humorados, pessoas com as quais tivessem prazer em estar. Isto faz sentido: seria mortal ter alguém pessimista ou reclamando (do frio, por exemplo?) o tempo todo em plena Antártica ou arranjando encrenca dentro do grupo. Posso dizer que aprendi isto com Sir S. e é o que sempre procuro na vida. I travel light.

10 comentários:

Before Sunrise disse...

Nao conhecia essa historia. Fiquei intrigada, muito boa!!

I am trying to travel light... espero conseguir um dia desses :-)

Caco disse...

SUNRISE - Fiquei fascinado pela história e pelas fotos - que duraram 2 anos no 'gelo'. Acho que os desendentes do Sir S. devem ter orgulho de carregar o sobrenome, não? Beijo e stay light.

André Lasak disse...

Ôpa!

Agradeço a visita e os elogios! Volte sempre que quiser pra tomar um cafezinho, viu?

Gostei das referências do V de Vingança! Leio essa HQ pelo menos uma vez por ano, desde 1991... hehehe

Abração!

Andre Prado disse...

Fala, meu primo. Ótima história. Inclusive muitos recrutadores em processos de seleção usam a mesma tática do Mr. S. Não contratam o mais nerd, mas aquele que sabe trabalhar melhor em grupo e tem facilidade para agregar as pessoas.

Mas deixa eu te perguntar: vc estudou no colégio Nossa Senhora do Carmo, aquele de freiras, em Realengo? Eu pus uma foto de lá no meu blog.

E sim, nosso tio se foi nesse final de semana, após uma semana muito difícil pra ele. Com certeza, está melhor do que nós, agora. Ainda que estejamos traveling light.

Já é!

Caco disse...

LASAK - Tem decaf? De qualquer forma, voltarei sim!

PRIMO - Sim, estudei lá no primário. Minhas fotos de 30 anos atrás são meio trash para serem publicadas...

Sim, o tio se foi. Lembrava que ele nasceu no mesmo dia que eu nasci. Agora só há o meu pai vivo entre os irmãos...

TODOS - Stay (faraway so close).

Before Sunrise disse...

Nao entendi... como assim tenho o perfil?? :-)

Dr. Nazli disse...

My Dear Caco - you know I go with premise ... I watched a show on Ernest Shackleton on Nova a year ago. You see I had to do laudry and go grocery shopping and it was snowing - so to procastinate I turned on the TV and found myself intrigued by the defiance and courage of this explorer.

So that's that :-)

And the hair - my students mentioned they coudl see teh colour at certain angles int eh light - just trying to get A's

Caco - hope your day is thrilling! Take good care my dear friend

Nazli

Caco disse...

SUNRISE - Te explico em separado.
DOC - Your students added poetry to the compliment and they do deserve A's for that, don't they? As for Sir S., you know I have Explorers' blood in my veins so he drew my attention at once. Are we possibly akin?

ALL - Beijo e stay fearless.

mauricio disse...

NA MINHA INFÂNCIA HAVIA LIDO ESTA AVENTURA ,EM ALGUMA REVISTA, VEIO A RECODAÇÃO DESTE ESPETACULAR SIR S
E DO SEU IDEAL E DA SUA NATUREZA DE SALVAR SUA EQUIPE,MAS NÃO SABIA DESTA PARTICULARIDADE DE COMO ESCOLHIA SEUS MARUJOS
COISA LINDA
MAURICIO

Jopz_B1B disse...

SHACKLETON é um exemplo de como transformar infortunios em consquista, vitória e superação.