quinta-feira, 31 de agosto de 2006

Bloggers of the world: unite and take over!

Feliz BlogDay06 (http://www.blogday.org/)!

Aí vão as minhas indicações:

Inveja Consagrada http://invejaconsagrada.blogspot.com/ Recentemente descoberto, é objetivo, garimpa clássicos da propaganda para o deleite. Eles não criam mas criticam.

Mesa de Botequim http://mesadebotequim.blogspot.com Tem algo melhor do que mesa de botequim? Papo com os amigos, cerveja gelada, tira-gosto. Aqui o prazer da leitura é semelhante. Um lugar onde se faz humor com mau humor.

Amigo Homem. Com http://amigohomem.com/ Uma lady e três gentlemen escrevem sobre e sob perspectivas masculinas. Bom humor e estilo.

Sem destinatário http://semdestinatario.blogspot.com Eles são o supra-sumo do conceito ‘cool’ - veja o lay-out e as fotos. Mas não se enganem: a escrita dos caras mata com delicadeza.

Outras Letras http://outrasletras.blogspot.com/ Em suma, eu o chamo carinhosamente de Fúria, Fúria, Fúria!

Não, nenhum destes blogs faz parte da minha lista de Dangerous Liaisions. Sim, as minhas ligações perigosas são hors-concours. Os 5 indicados podem não ser figurinhas carimbadas neste blog, mas têm uma qualidade formidável. Vale a pena visitá-los e curtir as suas idéias e estilos.

Celebrem!


terça-feira, 29 de agosto de 2006

BlogDay 2006

Encontrei isto enquanto surfava. Parece que teremos um dia para nós, bloggers.
Find information in English about the BlogDay here.


O que é o Blogday?
Ele foi criado na convicção de que os bloggers deverão ter um dia dedicado ao conhecimento de novos blogs, de outros países ou áreas de interesse. Nesse dia, os bloggers recomendarão novos blogs aos seus visitantes.

O que acontecerá no BlogDay?
No dia 31 de agosto, bloggers de todo o mundo farão um post recomendando 5 novos blogs. Preferivelmente, serão blogs diferentes da sua própria cultura, ponto de vista e atitude. Neste dia, leitores de blogs surfarão entre blogs novos e desconhecidos, celebrando a descoberta de novas pessoas e novos bloggers.

Instruções para o BlogDay:
  1. Encontre 5 novos blogs que você ache interessantes.
  2. Avise aos 5 bloggers que você os recomendará no BlogDay 2006.
  3. Escreva uma pequena descrição dos blogs e coloque o link para os mesmos.
  4. Publique no BlogDay (dia 31 de Agosto) este post.
  5. Adicione o tag do BlogDay, usando o link: http://technorati.com/tag/BlogDay2006 e um link para o website do BlogDay: http://www.blogday.org/
Celebre!
(tradução livre da página de instruções do BlogDay)

segunda-feira, 28 de agosto de 2006

Outras Letras: ATENDENDO A PEDIDOS

Outras Letras: ATENDENDO A PEDIDOS

Fúria! Fúria! Fúria!
Leiam o link.

Não há certezas, apenas oportunidades

Eu disse que estava disposto a descobrir no que ia dar. Não havia certezas, apenas oportunidades. Quis remover o peso da obrigação das nossas costas e tomar um Porto. Peguei o seu e o meu cálice e enchi. Me calei e esperei pelo que você ia dizer. Os segundos os minutos passaram-pareceram horas. Não podia ter certezas. As oportunidades chegaram. E também se foram.

domingo, 27 de agosto de 2006

Roselyne e os leões


Leões são abandonados nas estradas agora que alguns estados proíbem espetáculos circenses com os animais. Fecho os olhos e penso: O QUE É UM CIRCO? Lembro de:
  • trapezistas
  • palhaços
  • leões
Sim, leões fazem parte do conceito. Acho, na verdade, que é uma parte indissociável.

A questão é: maus tratos. Abordando isto diretamente, a solução simples é que os circos mantenham condições para os animais adequadamente estabelecidas pelos orgãos ambientais. Meramente não usar os animais nos espetáculos não parece ser uma resposta ao problema original. Assim sendo, ficaríamos todos - donos de circo, animais e espectadores - felizes então?

Assisti a Roselyne et les lions em 1990. Lembro-me mais da companhia que tive do que do filme em si.

sábado, 26 de agosto de 2006

Choveu

Depois de um longo e tenebroso tempo, hoje voltou a chover na pequena Londres. Marquei a hora como um fato a ser lembrado: 14:38. Muitos, como eu, foram até a varanda dos seus apartamentos ver se era de verdade.

Os caras da república em frente ao prédio saíram correndo pelo meio da rua a fora rindo gritando celebrando gritando chuva.

No Rio de Janeiro, falo 'chuveu' (sic) com um belo u, usando meu carioquês.

sexta-feira, 25 de agosto de 2006

Sexta-feira corporativa

Fui nomeado à revelia como responsável de um assunto. Meu chefe me recomendou que eu removesse meu nome e recomendasse a substituição por um outro - talvez o nome da pessoa realmente responsável. Não tive tempo, não dei prioridade e deixei para fazer na segunda. E hoje, às 5 da tarde estourou a bomba. E quem é o responsável em vigor?

Recebi uma convite para responder uma pesquisa de opinião sobre uma certa atividade corporativa. Oportunidade única de expor minha perplexidade e apontar minha perspectiva do que considero absurdo. Como aquele personagem da TV: 'eu não vou falar, eu não vou falar, eu não vou falar! Eu vou falar!'. Falei (escrevi), construtivamente com o meu melhor português e inclusive lampejos de latim, a minha franca opinião. Corações ficarão magoados e mentes ultrajadas mas, quem pergunta quer ouvir uma resposta, não?

Sei lá se ainda tenho meu emprego na segunda.

quinta-feira, 24 de agosto de 2006

Changes in the Galaxy


Pluto
Originally uploaded by ripleyDC1.
Pluto loses 'battle of the planets'. This is the title of today's Guardian article about the definition of a planet agreed by astronomers. Pluto did not meet the requirements and became a so-called dwarf planet.

Funny how my knowledge on geography has changed. Bulgaria was pulverised. Czech-Slovakia was torn into two names. Needless to mention former Soviet Union.

Now it is no longer a matter of changes at global scale but at galactic scale. Never before have I felt so outdated.

Amigas em quimono vão ao teatro

Eu as segui desde a saída da estação de metrô de Ginza. Tagarelavam discretamente e sorriam. Os passos eram curtos e fáceis de seguir. Não resisti. Fim de tarde de um sábado. Apressadas, me levaram à porta do teatro. Será que estavam atrasadas? Pouco provável. Fotografei despreocupadamente e fingi que focava o prédio enquanto elas eram o verdadeiro sujeito da minha foto. Deviam esperar pela 6ª amiga em seu quimono.
Foto tirada por mim aqui.

quarta-feira, 23 de agosto de 2006

Beirut e o verbo beirutar


War Crimes in Beirut
Originally uploaded by Krpasevananda.
O Líbano passa por guerras após guerras. Invasões, domínios, impérios. Persas, Romanos, Bizantinos, Cruzados, Franceses os subjugaram. Guerras com os israelenses em 48 e agora. Guerra civil. Ocupação síria. Dizem que Beirute teve que ser construída e reconstruída 7 vezes. Eu duvido. Acho que muito mais vezes. Veja a foto comparando Junho e Agosto de 2006. Entenda um pouco mais do Líbano clicando aqui.

No trabalho inventamos o verbo beirutar. Eu beiruto relatórios que me são submetidos, daí aguardo a revisão para beirutá-los de novo. A estrutura pode estar ruim, por isso o desconstruo, até que fique bom. Meus projetos também são muitas vezes beirutados pelo meu chefe. O grande objetivo é reduzir o número de beirutadas. Quanto menos experiente (ou competente ou qualificado), mais beirutadas são necessárias.

terça-feira, 22 de agosto de 2006

Críticas para Marina Lima

Comprei o novo cd da Marina - não, nada de download. Já tinha lido uma crítica negativa a respeito mas eu sempre arrisco de olhos fechados com a Marina. E nunca me arrependo. O cd tem regravações, coisas novas, sonoridades que embalam, novas sonoridades que incomodam. Mas é um cd digno de Marina Lima.

A poesia que ela traz é muito particular e sem abrir mão de referências inteligentes, meio elitistas. Não soa esnobismo porque soa só trivial para Marina. Parece que foi feito no seu mundo que ninguém compreenderia - só que ressoa nas pessoas, alguns se identificam com o combo palavras-som.

Talvez esta seja a chave das críticas negativas: querem literalmente entender Marina. Não dá não. Assim não dá para curtir. Tem que abstrair, viajar na dela - e uma hora o pH vira e a gente passa a gostar. Se isto não acontecer, azar: siga sem ela. Não vai fazer falta a nenhuma das partes.

Queria ver um show dela ao vivo.

quinta-feira, 17 de agosto de 2006

Beauty is in the ear of the beholder

There are a few things I have been listening to lately in which small details make a huge difference. The humble list includes very few so-called quintessential classics - it would be easy-peasy. Alternatively, I have gone for a few underrated, forgotten or despised songs. I am quite sure that new additions will soon debut in forthcoming lists.
  1. The superb string session in the dramatic Beatles' She is leaving home. Ok, this is A classics.
  2. Guitar session at the very end of Aztec Camera's version of Van Halen's Jump, as though they asserted: 'we do play the guitar as well'.
  3. Carly Simon cursing son of a gun in a whisper when opening You're so vain. Timely and discrete.
  4. U-HU when I feel heavy metal of Blur's Song #2.
  5. Clare Torry as a siren emerging from ocean depths while singing in Pink Floyd's The great gig in the sky.
  6. Opening and closing sequence Mike Nichol's film Closer would never be the same without Natalie Portman wandering while Damien Rice's The blower's daughter is played.
  7. Björk's state of emergency at Jòga.
  8. David Bowie invites everyone to dance in the opening crescendo of Let's dance.
  9. Sweet dreams are made of this lives again in the delicate tribute to innocence and rebel spirits of Eurythmics' 17 again.
  10. Bernie and Elton's moan (yet a gem) I want love.
  11. La-la-la. La-la-la. La-la-la. La-la-la. Catchy tune: Kylie's can't get outta my head.
  12. Soundtrack for the party animals with Adidas on their feet: Hard Fi's Living for the weekend.
  13. 7 fame-filled minutes of a mantra: Homem de Bem' s Madana Mohana Murari.
  14. Not until recently had I perceived Prince actually kisses in Kiss. Behave, your majesty.
  15. Johnny Marr's guitar in This Charming Man. He would go out tonight but he hasn't got a stitch to wear - Morrisey in his prime.
What could be included in your list?

terça-feira, 15 de agosto de 2006

Carlos Renato Soares: OS CAMPEÕES

Carlos Renato Soares: OS CAMPEÕES

Encontrei esta informação na blogsfera e achei interessante partilhar com os eventuais leitores deste blog.

É uma lista (com imagens!) de parlamentares que participaram ativamente de CPIs. Como acusados.

Confira. Obrigado Carlos Renato.

segunda-feira, 14 de agosto de 2006

O moço do tempo

Na falta do que falar, os ingleses apelam para as condições do tempo ou das estradas. Eu vou apelar para o tempo.

Moçada: a temperatura média ultimamente tem estado 10°C mais alta do que o esperado! Que calor é este? Estou começando a esquecer o que significa a palavra chuva (veja a previsão do tempo para os próximos 10 dias em Londrina aqui).

Só para constar: estamos em Agosto, em pleno inverno na região Sul (subtropical) do Brasil.

domingo, 13 de agosto de 2006

Movimento Brasil melhor

Criado pela Ordem dos Advogados do Brasil – Seção do Paraná (OAB/PR) e Associação Comercial do Paraná (ACP), o Movimento Brasil Melhor existe para mobilizar o cidadão, a fazer um País mais justo, a começar pelo Paraná. O movimento é aberto à participação de qualquer cidadão e/ou grupo organizado da sociedade civil. Movimento Brasil Melhor resolveu ser bem claro e objetivo. Definiu 3 pontos estruturais que precisam ser mudados no País:
  1. Redução do número de deputados federais de 513 para 180 (ou seja, um deputado para cada milhão de habitantes);
  2. Redução dos milhares de cargos de confiança existentes no Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário;
  3. Discriminação do valor dos tributos em todas as mercadorias e serviços.
Clique aqui para ser direcionado para o site do Movimento.

"Future's So Bright, I Gotta Wear Shades"

This week has been fraught with events that shall affect our lives as travellers. It seems that we will be forced to stay at home indefinitely - without chances to go beyond our frontiers. Hopefully we will still be allowed to go beyond the fences of our homes. I wonder how we can respond to it all.

Despite the threat, we should never ever be afraid of going beyond our limits and face the world full of differences just around the corner. Somebody dared to do it in 1492 - and here we are in free America. We have to open our mind and do not close our frontiers, our doors, our eyes.

Such stressful moments in life always make me bring a different perspective. This weekend not only was I reading Asne Seierstad's The Bookseller of Kabul but I also had the chance to watch V for Vendetta. Highly influenced by both of them I dared to wonder what if?

What if all the threat was part of a conspiracy to spread fear among each one of us? Well it actually is and this may be a close definition of terror. However, what if each one of us attempts to guarantee peace based on a totalitarian power? What if our potential saviours become our actual foes?

This is just a thought - I do not intend to start a curtain of smoke here as there are issues to be addressed objectively. However we should never forget the number of side effects we will eventually undergo in the future, depending upon our present decisions.

I want a bright future.

post title: Timbuk 3's song title - click here to watch its video.

sexta-feira, 11 de agosto de 2006

Nomes #2

Guardian Unlimited | Special reports | Full list: named suspects

Here are a few names which are suspect to play havoc at our sheltering sky.

· Abdula Ahmed Ali - DoB: 10/10/1980 - Address: Walthamstow, London;
· Cossor Ali - DoB: 04/12/1982 - Address: London E17;
· Shazad Khuram Ali - DoB: 11/06/1979 - Address: High Wycombe, Buckinghamshire;
· Nabeel Hussain - DoB: 10/03/1984 - Address: London E4;
· Tanvir Hussain - DoB: 21/02/1981 - Address: Leyton, E10;
· Umair Hussain - DoB: 09/10/1981 - Address: London E14;
· Umar Islam - DoB: 23/04/1978 - Address: High Wycombe, Buckinghamshire;
· Waseem Kayani - DoB: 28/04/1977 - Address: High Wycombe, Buckinghamshire;
· Assan Abdullah Khan - DoB: 24/10/1984 - Address: London E17;
· Waheed Arafat Khan - DoB: 18/05/1981 - Address: London E17;
· Osman Adam Khatib - DoB: 07/12/1986 - Address: London E17;
· Abdul Muneem Patel - DoB: 17/04/1989 - Address: London E5;
· Tayib Rauf - DoB: 26/04/1984 - Address: Birmingham;
· Muhammed Usman Saddique - DoB: 23/04/1982 - Address: Walthamstow E17;
· Assad Sarwar - DoB: 24/05/1980 - Address: High Wycombe, Buckinghamshire;
· Ibrahim Savant - DoB: 19/12/1980 - Address: London E17;
· Amin Asmin Tariq - DoB: 07/06/1983 - Address: Walthamstow E17;
· Shamin Mohammed Uddin - DoB: 22/11/1970 - Address: Stoke Newington, London;
· Waheed Zaman - DoB: 27/05/1984 - Address: London E17.

Nomes #1

CPI divulga lista dos parlamentares sanguessugas :: Estadao.com.br

Aqui estão alguns nomes de sanguessugas que não podemos esquecer neste ano de eleições.

1. Deputado Almeida de Jesus (PL-CE)
2. Deputado Alceste Almeida (PTB-RR)
3. Deputado Almir Moura (PFL-RJ)
4. Deputado Amauri Gasques (PL-SP)
5. Deputado Benedito de Lira (PP-AL)
6. Deputado Cabo Júlio (PMDB-MG)
7. Deputado Cleonâncio Fonseca (PP-SE)
8. Deputado Coriolano Sales (PFL-BA)
9. Deputado Dr. Benedito Dias (PP-AP)
10. Deputado Dr. Heleno (PSC-RJ)
11. Deputado Edir de Oliveira (PTB-RS)
12. Deputada Edna Macedo (PTB-SP)
13. Deputado Eduardo Gomes (PSDB-TO)
14. Deputado Eduardo Seabra (PTB-AP)
15. Deputada Elaine Costa (PTB-RJ)
16. Deputado Enivaldo Ribeiro (PP-PB)
17. Deputado Fernando Gonçalves (PTB-RJ)
18. Deputado Irapuan Teixeira (PP-SP)
19. Deputado Iris Simões (PTB-PR)
20. Deputado Isaías Silvestre (PSB-MG)
21. Deputado Itamar Serpa (PSDB-RJ)
22. Deputado Jefferson Campos (PTB-SP)
23. Deputado João Batista (PP-SP)
24. Deputado João Caldas (PL-AL)
25. Deputado João Correa (PMDB-AC)
26. Deputado João Mendes de Jesus (PSB-RJ)
27. Deputado José Divino (PTB-RR)
28. Deputado José Militão (PTB-MG)
29. Deputado Junior Betão (PL-AC)
30. Deputada Laura Carneiro (PFL-RJ)
31. Deputado Lino Rossi (PP-MT)
32. Deputado Marcelino Fraga (PMDB-ES)
33. Deputado Marcos Abramo (PP-SP)
34. Deputado Mario Negromonte (PP-BA)
35. Deputado Maurício Rabelo (PL-TO)
36. Deputado Nélio Dias (PP-RN)
37. Deputado Neuton Lima (PTB-SP)
38. Deputado Nilton Capixaba (PTB-RO)
39. Deputado Osmânio Pereira (PTB-MG)
40. Deputado Pastor Amarildo (PSC-TO)
41. Deputado Paulo Baltazar (PSB-RJ)
42. Deputado Paulo Feijó (PSDB-RJ)
43. Deputado Pedro Henry (PP-MT)
44. Deputado Raimundo Santos (PL-PA)
45. Deputado Reginaldo Germano (PP-BA)
46. Deputado Reinaldo Betão (PL-RJ)
47. Deputado Reinaldo Gripp (PL-RJ)
48. Deputado Ribamar Alves (PSB-MA)
49. Deputado Fernando Estima (PPS-SP)
50. Deputado Ricarte de Freitas (PTB-MT)
51. Senador Ney Suassuna (PMDB-PB)
52. Deputada Teté Bezerra (PMDB-MT)
53. Deputado Venderlei Assis (PP-SP)
54. Deputado Vieira Reis (PRB-RJ)
55. Deputado Wanderval Santos (PL-SP)
56. Deputado Wellignton Fagundes (PL-MT)
57. Deputada Zelinda Novaes (PFL-BA)

quinta-feira, 10 de agosto de 2006

Guardian : A plot to commit murder on an unimaginable scale

Guardian Unlimited | Special reports | 'A plot to commit murder on an unimaginable scale'

Nunca mais viajar de avião foi a mesma coisa. O viajante intercontinental entrou para um grupo de risco. Defender as linhas aéreas nacionais se você é britânico ou americano tornou-se perigoso. Abandone seu cartão de milhagem da BA e seus identificadores de malas. Estamos sendo aterrorizados a ficar dentro de casa, neuróticos e com tendências xenófobas.

domingo, 6 de agosto de 2006

Class


Class
Originally uploaded by ryanbooth.
As a child in school, I have had very few opportunities to visit a museum. I remember visiting the Air Force Museum while in elementary school, to be completely honest with you all. Later on, visits to the Imperial Museum in Petropolis were quite frequent - particularly in the Summertime when weather was exceptionally milder up in Petropolis mountains and relatives used to come from the whole country to stay over a few weeks in Rio with us.

As I grew older, I had the privilege to see a few masterpieces worldwide - and I truly wish I can keep up with it until the end of my days. It is a tremendous pleasure to visit museums and share the place with a bunch of kids. Yes, they can be noisy and messy indeed. Their guide, usually a hopeless art teacher, will be completely worn out at the end of the day. Despite their moaning about the so-called stupid visit to the museum, these kids will be provided with something unique to their lives. Their minds will be touched in a very particular way they will not be able to describe - perhaps just feel.

This picture must have been taken at Amsterdam Van Gogh Museum. I am not sure because I have not been there. Not yet.

Quanto absurdo

Sr. J. reclama comigo que acha um absurdo que tenha recebido uma multa por andar a 130 km/h na estrada. Sr. P. fica indignado porque Suzane Richthofen pode sair da cadeia em pouco tempo e que ela devia ficar lá pelo resto da vida. Srta. A. que escreve mal em português odeia sua colega de trabalho fluente em inglês que foi mandada para a Inglaterra em vez dela.

Para mim é tudo a mesma coisa.

Vivemos em sociedade. Existem regras a serem cumpridas tanto por você quanto pelos outros. O não cumprimento implica em penalidades. Tão simples como isto. OK, você não concorda com as regras. Você as acha injustas principalmente quando aplicadas a você. Minha pergunta: o que você faz para mudá-las? O quanto você as questiona? Burlar as regras pode ser relativamente fácil. Entretanto você vive na corda bamba de ser pego a qualquer momento. E aí, meu caro, não me venha chorando as pitangas.

Daí, alguém faz algo absurdo, e todos passam a reclamar que a penalidade foi injusta. Se confiamos na Justiça, a penalidade foi a que possível de ser aplicada. Se os advogados fazem manobras, é uma pena, mas é porque a lei permite. Ficar vermelho de raiva adianta? Adianta se fizermos algo para mudar a lei como um todo - apoiando renovação das leis, questionando nossos amigos, vizinhos, orgãos governamentais, representantes no congresso, e até mesmo bloggando - veja minha ligação perigosa FdO.

Por último, tem aqueles que culpam o mundo e incriminam o destino por suas mazelas. Estes podem ser tão cansativos. São capazes de drenar a energia e vigor de qualquer um à sua volta. O sucesso de outros é o gatilho para um discurso destruidor, niilista, sem dó. Novamente, esqueceram de olhar para seu próprio umbigo: escondido, imperfeito, sujinho até. Esqueceram de fazer a sua parte para chegar .

E será que você pode fazer algo a respeito?

quarta-feira, 2 de agosto de 2006

Lendo entrelinhas inexistentes

A essência das coisas tem muito me interessado. Desenvolvi o hábito da leitura e, com ela, a leitura das entrelinhas. Tudo funciona como que usando lentes de aumento, lentes tipo fundo de garrafa, ampliando o significado das coisas.

Só que a profusão de informação também confunde: começo a interpretar sinais onde não existem sinais. Como diz o Sr. D., às vezes, chutar o balde pode significar meramente empurrar com um golpe do pé um recipiente plástico ou metálico de volume definido. Eu, muitas vezes, duvido e acredito que sim existe uma mensagem pronta para ser descoberta. A sutileza pode estar no ar - já percebeu?

Recentemente pus meus olhos em algo que tinha escrito há uns bons 10 anos atrás. Muito embora o papel estivesse amarelado, dobrado 3 vezes, eu sabia exatamente o que estava ali dentro, a emoção com que escrevi, o significado para mim, o significado que eu tentei imprimir. Putz, era um fragmento do meu coração de pedra. E, eis que este papel me aparece novamente, do nada. Fiquei olhando para ele por intermináveis segundos sem saber o que fazer, sem entender, e só sentia a adrenalina dizendo fight or flight, acelerando o coração. Droga, o que significa isto, e agora?

Pensei que fosse um alguém dizendo que eu e aquela pessoa de 10 anos atrás ainda fossem as mesmas - queria que fossem. Pensei que eu tivesse mudado - e isto sim, mudei pacas - e tivessem tentando me redescobrir. Pensei que fosse um aviso para eu entender que os outros também mudaram e gritassem este papel não vale mais nada. Pensei um monte de coisa menos o óbvio que só constatei mais tarde: que aquilo era apenas um papel velho e amarelado escrito por mim há 10 anos atrás, uma curiosidade por si só, datado, talvez motivo de graça.

Nunca antes ler nas entrelinhas tinha sido tão inútil.