segunda-feira, 31 de julho de 2006

Ideal grandioso de mediocridade eterna

Sim, é possível encontrar este livro em qualquer livraria decente. Filosofia é um terreno um tanto complicado para um engenheiro, mas eu sempre me arrisco (bold and fearless). A parte inicial de cada capítulo sobre o filósofo em questão é um tanto complexa (tudo bem, dá para viajar), meu amigo Sr. C. disse-me que encontrou um erro crasso sobre Cães de Aluguel, mas, enfim, gostei muito da combinação final. Acho até que consegui aprender alguma coisa de filosofia usando a ferramenta do cinema. Coloco uma vinheta abaixo para degustação: Exercício 11 - Nietzsche, o imperdoável Clint Eastwood e os assassinos por natureza (Heroísmo e violência):
"Pelo contrário, a vida familiar e tranqüila é representada e defendida (paradoxalmente, por meio das armas e pela mais sádica violência) por um xerife moralista, Little Bill Daggett (Gene Hackman), que está construindo uma casa (o símbolo da estabilidade, da negação do heroísmo nômade), em cujo balcão frontal, segundo diz, espera 'tomar café, fumar cachimbo e ver o pôr-do-sol', um ideal grandioso de mediocridade eterna, como diria Nietzsche."
Julio Cabrera. O Cinema pensa.
Gostei da expressão: ideal grandioso de mediocridade eterna. Renato Russo a usaria num título de música. Seria título de mais um roteiro do Kaufman para Winslet e Carrey.

Já dá para imaginar as situações apropriadas para usá-la.

9 comentários:

Cristiano Contreiras disse...

Boa dica!

Vanessa disse...

Oi!
Parabéns pelo destaque no GB.
Gostei do seu blog.
beijokasss

Caritas souzza disse...

Olá, passando para conhecer seu blog e parabenizar pelo destak da semana na GB. Parabéns! Qt ao livro indicado, eu o tenho e já li e reli umas poucas vezes. Afirmo humildemente que não é de hoje que se discute o significado filosófico dos filmes e não são poucas as teses e dissertações que usam o cinema para ilustrar as idéias desse ou daquele pensador, que vai além da simples comparação entre cinema e filosofia, e mostra que os filmes, muito mais do que servirem como bons exemplos de concepções filosóficas, problematizam Com clareza a atualidade do hoje! do agora! Cabrera, contrapõe o pensamento desses cineastas a teses defendidas por pensadores como Platão, Aristóteles, Kant, Marx, Locke, Heidegger e Wittgenstein, evidenciando a existência de um profundo diálogo entre diretores e filósofos. Desejo a vc uma excelente terça feira e bjos doces em seu coração.

Helena Nascimento disse...

Olá
Esse livro parece ser bastante interessante, principalmente para uma cinéfila feito eu! Acho que dá pra viajar bastante com filmes e filosofia.
Parabéns pelo destaque na gazeta dos blogueiros.
Tenha uma ótima semana.
beijos

Omar disse...

Putz, Marcos eu tô querendo comprar esse livro mesmo. Mas então vc recomenda?

Caco disse...

CRISTIANO - "and I made you trust in literature". Se você curtir também, recomende aos amigos. Se não curtir, recomende aos inimigos...
VANESSA - Obrigado pela visita, seja sempre bem vinda.
CARITAS - Obrigado pela visita e indicação. Sou movido por imagens. A associação da filosofia com o cinema - principalmente usando filmes que todos com certeza viram - facilitou em muito a minha compreensão dos conceitos. Uma excelente quarta para você e outros doces beijos também.
HELENA - Obrigado pela visita - sim, acho que uma viagem é uma boa palavra para definir a leitura dele. Mas vale a pena arriscar.
OMAR - Yes, I highly recommend it. Go for it!

Um Poema disse...

"Ideal grandioso de mediocridade eterna". Não serão os valores dos nossos dias que nesse conceito se espelham?
Gostei do artigo.
Parabens pelo DESTAQUE.
Um abraço

saulo albert disse...

Oi!
Por pior ou mais sem graça que possa ser, nunca me interessei muito por filosofia...
Pode ser bom, pensar sobre tudo...
Maso que mais me atrapalha é a preguissa, e eu já me acostumei ao conforto do mundo do "acostumado"...
Msm assim axei seu blog massa!!
Tah tdu!!
Parabens pelo destaq gb!!

Dr. Nazli disse...

Caco - it's Wednesday afternoon here and guess what I have just done?

I colored my hair! You are the first person I am telling because i thought you would laugh with me. My hair is black so I don;t know if the "brazilian brown" hair colour will hold, but I will let you know. I am about to blow dry it ... can;t wait to see some colour.

the most dazzling smiles to you Caco! How are you?? Wonderful to see you.

Cheers
Dodc